Vídeos

Voltar

Especialistas do programa Saber Viver orientam sobre cuidados para evitar a hipertensão arterial

Confira as dicas da nutricionista Layane Carine do Programa Saber Viver no vídeo a seguir. A coordenadora do programa Ana Angélica também fala sobre a necessidade da prevenção.

26/04/2019 11:00:00 - Postado há 25 dias

O Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão, 26 de abril, tem como objetivo alertar à população brasileira sobre os riscos acarretados pela hipertensão, doença geralmente assintomática, mas que pode resultar em infarto, trombose, AVC e ainda na sobrecarga de vários órgãos do corpo humano, se não for tratada. Entre as causas da pressão alta estão o sedentarismo, o tabagismo, a obesidade e o consumo excessivo de sal.

De acordo com a coordenadora do Saber Viver, a enfermeira Ana Angélica, os cuidados para evitar a hipertensão são os mesmos para tratá-la. “Praticar atividade física regularmente, ter bastante cuidado com a alimentação, principalmente, no que se refere ao consumo de sódio, ler os rótulos na hora de comprar um produto para verificar a quantidade de sal contido neles, preferir alimentos mais naturais. E para quem tem a doença, procurar acompanhamento nutricional, são cuidados importantes”, afirma.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o consumo de sódio deve ser de 2 gramas por dia, o que equivale a 5g de sal, que é o mesmo que 1 colher de chá. “A recomendação é que esse consumo seja em relação à ingestão total durante o dia e não apenas àquela que fazemos durante uma única refeição. Mas com o tipo de alimentação que se tem atualmente, chegamos a consumir o dobro do recomendado, o que é muito perigoso para a nossa saúde, alerta.

Para quem tem a doença diagnosticada, é fundamental fazer uso regular das medicações prescritas pelo médico. Também é importante verificar a pressão regularmente. Para quem é hipertenso, o ideal é medir a pressão de 15 em 15 dias ou toda a semana. Já quem não é hipertenso, mas apresenta casos na família, é importante verificar uma vez ao mês e fazer consultas de rotina.

A nutricionista do Saber Viver Layane Carine  dá várias dicas de como adotar hábitos mais saudáveis à mesa e também na hora de comprar alimentos, o que pode ser o diferencial para desenvolver ou não a doença. Confira as dicas no vídeo.

Catarina Santiago

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

CAPTCHA AQUI

Nossos Programas