Notícias

Voltar

Como controlar a fome noturna?

O tratamento da Síndrome do comer noturno (SCN) pode envolver intervenções farmacológicas e comportamentais.

11/07/2018 09:34:00 - Postado há 8 dias

Falta de apetite pela manhã, fome exagerada no período noturno (após 19h), sono irregular associados com depressão/ansiedade são características da Síndrome do comer noturno (SCN). Essa síndrome é caracterizada por um atraso circadiano do padrão alimentar, mediado por alterações neuroendócrinas ao estresse, ou seja, um desequilíbrio nos hormônios que controlam fome, estresse (leptina, cortisol) e sono (melatonina).

Pesquisas recentes têm demonstrado uma possível relação intrínseca entre essa síndrome e o processo saúde-doença, com maior incidência de obesidade e diabetes. Portanto o diagnostico da síndrome e apoio profissional é essencial para melhor qualidade de vida.

O tratamento da SCN pode envolver intervenções farmacológicas e comportamentais. Para isso é importante o auxílio de uma equipe médica (que pode contar com psiquiatra, endocrinologista, nutricionista, psicólogo e educador físico), pois o problema pode ser resolvido com medicações para ansiedade/depressão, terapia e reeducação alimentar.

Com relação às mudanças comportamentais que envolvem estilo de vida e alimentação, podemos citar algumas dicas importantes, como:

1- Programe suas refeições ao longo do dia! Pular refeições e ficar horas sem se alimentar pode gerar um aumento do apetite a noite;

2- Inclua nas suas refeições, principalmente lanche da tarde e jantar, alimentos fontes de carboidratos ricos em fibras (frutas, aveia, linhaça, batata doce, pães integrais), gorduras boas (castanhas, abacate, coco, azeite) e proteínas (ovos, queijo, iogurtes naturais, frango, carnes). Estes nutrientes ajudam a promover maior SACIEDADE e com isso evitar fome descontrolada;

3- Evite lanchar ou jantar só biscoitos, pães, cafezinho cheio de açúcar.  São alimentos ricos em farinhas refinadas e açúcar, os quais não promovem saciedade e podem aumentar o apetite;

4- Mantenha sua geladeira livre de alimentos muito calóricos de baixo valor nutricional. Pois caso a compulsão chegue, pelo menos você não terá disponível esse tipo de alimento. E comendo os alimentos certos poderá controlar o apetite;

5- Faça exercícios que lhe dê prazer. A atividade física ajuda a aliviar o estresse, além de manter a cabeça ocupada evitando pensamentos compulsivos com relação à comida;

6- Tente regularizar sua noite de sono. Deite cedo, evite mexer no celular ou assistir televisão, apague as luzes. Entenda que a insônia provoca alterações no funcionamento da leptina (hormônio relacionado a saciedade) e também maior liberação de cortisol (hormônio do estresse);

7- Por fim, mantenha-se hidratado! Muitas vezes a desidratação pode ser confundida fome, por isso é importante beber agua ao longo do dia para que quando chegue o período noturno você já esteja bem hidratado.

Autor: Nutricionista Layane Carine – Programa Saber Viver

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Nossos Programas