Receitas

Voltar

Trufas rápidas de cacau: receita funcional para matar vontade por doces

Receita funcional para quem ama um docinho.

20/05/2020 17:43:00
Imagem: Freepik

Essa receita é para quem é apaixonado por doces! Tenho muitas alunas assim, então ter receitas funcionais facilita muito a vida delas, principalmente receitas assim que você pode fazer no final de semana e deixar na geladeira para ter a prontidão durante a semana.

Você pode trocar as avelãs por amêndoas ou amendoim. Se desejar trocar o néctar de coco por outro adoçante ou açúcar, certifique-se que o mesmo esteja de acordo com a sua alimentação, já que o néctar de coco é de baixo índice glicêmico sendo uma boa opção para muitas receitas naturais.

Ingredientes

1 xícara de avelãs ou amêndoas (ou 1/2 xícara de pasta já pronta, pode ser pasta de amendoim como já mencionei)
1/4 de xícara de néctar de coco
2 colheres de sopa de cacau em pó 100%
1/4 de xícara de manteiga de coco (ou manteiga ghee)
Cacau para polvilhar

Preparo

1. Se você está usando as avelãs e amêndoas in natura, em uma frigideira, coloque-as e torre um pouco para liberar mais seu sabor e óleos.

2. Depois bata-as em um liquidificador até formar uma pasta e reserve. Se você estiver usando pastas prontas de avelãs, amêndoas ou amendoim, pule este passo.

3.Em uma vasilha acrescente a pasta, o cacau e o néctar, misture muito bem com uma espátula e depois com as mãos até formar uma pasta consistente.
Em seguida, vá acrescentando a manteiga até formar uma massa lisa e homogênea.

4.Coloque em um pote de vidro e leve para a geladeira por 4h.

5. Retire da geladeira quando estiver bem consistente, parecendo um brigadeiro, e então faça bolas com o auxílio de uma colher e usando a palma das mãos.

6. Passe no cacau ou polvilhe cacau por cima e mantenha sempre na geladeira, dura até 10 dias!

Fonte: UOL
Texto: Taise Spolti
Edição: C.S. 

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Nossos Programas