Prontomed Infantil

Voltar

Desfralde do bebê - confira tudo que você precisa saber

Pediatra tira todas as suas dúvidas desse período

13/09/2018 13:20:00

Tem idade certa para tirar a fralda da criança? Como começar o desfralde? O que devo e o que não devo fazer? São algumas das dúvidas mais frequentes em um consultório de pediatria quando o assunto é o desfralde do bebê.

Enfim, chegou a época que a criança vai deixar as fraldas e passar a usar o vaso sanitário. O desfralde do bebê é uma mistura de sentimentos, por um lado a preocupação (pelo trabalho que está por vir nessa nova fase) por outro lado o alívio ( pelos altos gastos das fraldas). É uma fase extremamente importante na vida do bebê e dos pais.

A recomendação é que o processo comece entre os 2-3 anos, época em que a criança consegue ter um bom controle dos esfíncteres, mas isso depende muito da maturidade de cada criança.

Como eu sei que é a hora de iniciar o desfralde do bebê?
Quando a criança já está pronta para a retirada das fraldas, ela nos dá sinais como: se incomodar com fralda suja, avisar aos pais que esta fazendo xixi ou cocô e pedir para trocá-los logo em seguida, mostrar interesse pelo penico e não ter medo dele, ou ir para algum lugar escondido para fazer cocô.

Os preparativos para essa nova fase são extremamente importantes. Apresente o banheiro para seu filho, leve-o junto para comprar o penico, calcinhas e cuecas, decore o banheiro com adesivos...enfim, transforme o momento em algo divertido. 

A retirada da fralda é um processo familiar, e não uma obrigação da escola. A escola ajuda sim, mas no sentido de continuação de um processo que deverá ser iniciado na nossa casa.

Vamos iniciar o desfralde

Ok? Já está tudo preparado, vamos iniciar o desfralde então...

A escolha da época para iniciar o desfralde é muito importante. No calor, eles usam menos roupa e diminuem a quantidade de xixi, pois transpiram mais. Evitem também iniciar em momentos atordoados da vida da criança (chegada do irmãozinho/ retirada de chupeta recente/ troca de escola/ separação dos pais).
Iniciem em um final de semana prolongado ou nas férias. Cancelem seus compromissos no primeiro final de semana do processo.

Explique para a criança que ela já cresceu e que a partir daquele momento ela não vai usar mais a fraldinha durante o dia; fale que a fralda é para crianças pequenas e demonstre que irmão/ primos/ amigos da escolinha já não usam mais fralda.

A partir do momento que tirou a fralda de dia, não coloque mais! Se voltar a colocar para sair de casa, toda a segurança que a criança conquistou pode ir embora naquele momento.

Esteja preparado para os escapes- eles irão acontecer. Quando a criança fizer xixi no chão, fale que você entende que escapou e a estimule para da próxima vez te avisar antes. Não brigue para não desanimá-la e encoraje-a falando que da próxima vez ela irá conseguir.
Não pergunte ao seu filho se ele quer ir ao banheiro, pois ele com certeza vai falar que não. Leve-o a cada 30 minutos.

Dê adeus ao xixi ou cocô no vaso sanitário - por mais estranho que possa parecer, as crianças entendem que aquele xixi ou cocô é parte delas, e desapegar pode não ser uma coisa fácil para alguns. Ao dar tchau para o cocô, você prestigia a "produção" do seu filho, mas deixa claro que é algo que deve ser descartado.

Demonstre com gestos e palavras o quão feliz e orgulhoso você ficou quando ela fizer cocô ou xixi no vaso sanitário. Premie a criança com beijos e abraços e não com coisas materiais.

Tenha paciência - muita paciência! Se tudo der certo, em média de 1 a 2 meses, seu filho não terá mais escapes diurnos.

Se com todas essas dicas não funcionar, talvez seu filho não esteja com a maturidade necessária para o desfralde. Pare e espere de 6-8 semanas para reiniciar o processo, sempre observando os sinais de preparo da criança.
Inicie o processo noturno somente quando a criança não amanhecer com a fralda molhada a maioria dos dias. Diminua a quantidade de líquidos ingeridos após as 19 horas e acorde para leva-la ao banheiro algumas vezes à noite

Os pais devem sempre lembrar que o desfralde do bebê, assim como qualquer outra etapa do desenvolvimento infantil, é uma prova de maturidade e amadurecimento. Se seu filho tem entre 4-5 anos e mesmo assim persiste com escapes frequentes, procure um pediatra para uma avaliação.

Fonte: IG
Edição: A.N.

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Nossos Programas