Notícias

Voltar

1º Festival Humana de Cinema já tem mais de 200 filmes inscritos

São três categorias: ficção, documentário e animação. Serão R$ 15 mil em prêmios.

26/04/2019 15:44:00

Há três semanas com as inscrições abertas, o 1º Festival Humana de Cinema já recebeu mais de 200 filmes nas categorias ficção, documentário e animação. Os cineastas que ainda não colocaram o seu audiovisual para concorrer têm até o dia 14 de junho. As inscrições podem ser feitas pelo site do festival https://www.humanasaude.com.br/festival-cinema/.

Para um dos curadores do evento, o jornalista e criador do coletivo Labcine Weslley Oliveira, o volume de trabalhos mostra a força da produção de curtas no país.“No Brasil, hoje, a produção independente de curta-metragem está em um momento muito forte. Com cada vez mais acesso às tecnologias que estão mais baratas e com acesso à informação facilitado pela internet, muitas pessoas e coletivos estão produzindo onde há um tempo não era tão fácil se fazer filmes. São comunidades distantes, aldeias, favelas, escolas e universidades com uma produção audiovisual de qualidade”, ressalta.

O também curador e professor de cinema Monteiro Júnior destacou a importância do Festival Humana para a produção audiovisual local. “É um espaço aberto para quem produz no Piauí ter seus filmes concorrendo e sendo vistos. Teresina estava precisando de uma iniciativa assim”, frisou.

Monteiro também chamou atenção para a amplitude do evento. “Quem tiver uma produção dentro das três categorias e de até 20 minutos pode se inscrever. Qualquer pessoa de qualquer cidade, estado ou país pode concorrer”, explicou.

O 1º Festiva Humana de Cinema é uma realização da Humana Saúde e da agência Azmut Propaganda que abraçaram o projeto com o objetivo de promover um cinema inclusivo e de movimentar o cenário cultural da capital.

Confira o regulamento do evento aqui.

Catarina Santiago

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Nossos Programas