Notícias

Voltar

Coordenadora do Saber Viver participa do Seminário de Enfrentamento da obesidade e excesso de peso na Saúde Suplementar

O Seminário marcou também o lançamento do “Manual de Diretrizes para o Enfrentamento da Obesidade na Saúde Suplementar Brasileira”.

26/12/2017 13:42:00

Representantes de entidades de saúde, operadoras e prestadores de serviços acompanharam, no Rio de Janeiro, o Seminário de Enfrentamento da Obesidade e Excesso de Peso na Saúde Suplementar promovido pela ANS no mês de dezembro.

A coordenadora do Programa Saber Viver, Ana Angélica Oliveira, esteve presente no evento, criado pela ANS com o objetivo de promover melhorias e incentivos na atenção à saúde relacionada à prevenção e ao combate da obesidade entre beneficiários de planos de saúde.
O Seminário marcou também o lançamento do “Manual de Diretrizes para o Enfrentamento da Obesidade na Saúde Suplementar Brasileira”.

De acordo com a coordenadora, o evento chamou a atenção para a problemática da obesidade infantil, que vem apresentando números preocupantes no Brasil. “O número de crianças obesas e com sobrepeso tem crescido muito nos últimos anos, o que demanda ações voltadas pra esse público. Crianças obesas possuem grandes chances de se tornarem adultos obesos. Por isso, é fundamental combater esse problema”, explica.

Sobre o Saber Viver

Saber Viver é um programa de promoção de saúde e prevenção de riscos desenvolvido para auxiliar os clientes da Humana Saúde a adotarem hábitos de vida saudáveis. Com foco na educação em saúde para o autocuidado, profissionais de diferentes áreas auxiliam os indivíduos a cuidarem melhor de sua saúde e, assim, alcançar uma melhor qualidade de vida.

O programa é formado por equipe multidisciplinar preparada para identificar problemas reais e riscos à sua saúde, auxiliando o cliente a realizar o autocuidado.

 

A.N.

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Nossos Programas