A Invenção do Nordeste e Outras Artes

O livro é rico em referências de nordestinidade: fala da música de Luiz Gonzaga, do Cinema Novo de Glauber Rocha, do Teatro de Ariano Suassuna, das novelas com seus nordestinos, que falam um ?nordestinês?, que só existe na ficção.

Tamanho da letra:
A
A
Link permanente:
   

A obra ?A Invenção do Nordeste e Outras Artes? é uma versão reduzida da tese de doutorado de Durval Muniz de Albuquerque Junior. O autor se propôs nesse trabalho a entender como foi construída a imagem do nordestino no cenário nacional. Isso porque ao longo da História do país, o que se percebe é que o Nordeste assumiu para si a característica de vítima. Entretanto, para o autor, tanto o Nordeste tornou-se vítima como também vitimizou-se ao tomar para si uma imagem repleta de estereótipos.

Para explicar como se formatou essa condição estereotipada do Nordeste e dos nordestinos, Muniz recorre as artes, que buscaram inspiração nas diversas identidades da região.  Assim o autor analisa os sentidos presentes nas obras de escritores como Rachel de Queiroz, José Américo, Graciliano Ramos, entre outros.

O livro é rico em referências de nordestinidade: fala da música de Luiz Gonzaga, do Cinema Novo de Glauber Rocha, do Teatro de Ariano Suassuna, das novelas com seus nordestinos, que falam um ?nordestinês?, que só existe na ficção.

As investigações do autor trouxeram ao livro informações que ajudam a entender como se construiu uma imagem desfavorável e negativa do Nordeste em relação, por exemplo, a região Sudeste.

?A Invenção dos Nordeste e Outras Artes? convida o leitor a destruir a visão estereotipada e distorcida do Nordeste e reinventar um entendimento, onde haja uma correspondência com a realidade. Dessa forma, seria possível livrar a região dessa imagem estigmatizada, que o Nordeste, infelizmente, ainda possui. O livro nos faz ter um novo olhar a respeito do que realmente é o nordestino e a nordestinidade.


Onde encontrar:
Livraria Nova Aliança
Rua Olavo Bilac, 1259, Centro, próximo ao ginásio do Diocesano
Telefones: 3221-6793 / 3222-8399
Horário de Funcionamento:
Seg à Sex ? das 6:30h às 19h. Aos sábados das 6:30h às 13h

 

Andréia Sousa
02/03/2011

Comentários

Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário

Seu comentário *